Eclipse IDE

Você conhece a ferramenta Eclipse IDE para para Java? Se sua resposta for NÃO, este artigo lhe trará informações sobre essa ferramenta.

Nos artigos e vídeo-aulas anteriores instalamos o JRE/JDK, configuramos as variáveis de ambiente e criamos nossa primeira aplicação Java utilizando um editor Simples, no caso o Bloco de Notas do Windows.

Agora, vamos convir que ninguém merece ficar criando programas Java em Bloco de Notas ou em qualquer outro editor de texto simples. Existem várias ferramentas no mercado com o propósito de facilitar a vida do desenvolvedor e, consequentemente, aumentar a produtividade na criação de seus programas/aplicações e, uma delas é o Eclipse IDE.

Conhecendo a Ferramenta Eclipse IDE

O Eclipse é caracterizado como uma IDE, ou seja, uma ferramenta que tem o propósito de auxiliar o desenvolvedor de software, aumentando sua produtividade na produção de suas aplicações. Ele não é utilizado apenas para desenvolvimento de software Java, mas também para outras linguagens como C++ e PHP.

Gosto sempre de introduzir o assunto do artigo, mas também viso a questão prática então, o primeiro passo é realizarmos o download do Eclipse IDE no seguinte site: http://www.eclipse.org/.

Vá até se sessão downloads, e escolha a versão Eclipse IDE for Java EE Developers.

Eclipse IDE - Imagem 1

Não esqueça de escolher a versão para 32 ou 64 bits de acordo com seu Windows. No meu caso em particular é versão de 64 bits. Você será direcionado para a sessão de mirrors para download.

Escolha o primeiro link e salve o arquivo compactado em uma pasta de fácil acesso.

Eclipse IDE - Imagem 2

Tenho por premissa salvar na área de trabalho para fins didáticos, mas você pode salvar no folder/pasta que quiser, desde que essa pasta tenha permissão de leitura e escrita.

Após o término do download, descompacte o arquivo em uma pasta com o nome de Eclipse.

Acesse a pasta e visualize seu conteúdo. Na pasta você um aplicativo “Executável” conforme mostra a figura a seguir:

Eclipse IDE - Imagem 3

Dê um duplo clique sobre o ícone para executar o Eclipse IDE. Caso você não tenha instalado o JDK/JRE, sugiro que vá até o artigo Baixando e Instalando o Java no Windows e faça o procedimento de instalação.

Supondo que a JDK/JRE já esteja instalada e o processo de execução esteja correndo de forma correta, será exibida a tela de abertura da Eclipse IDE e após outra caixa de diálogo, referente ao workspace.

Eclipse IDE - Imagem 4

Workspace nada mais é que um diretório padrão aonde as configurações do Eclipse e os projetos criados a partir dele serão salvos. Claro que você pode gravar seus projetos em outros folders/pastas, mas o Eclipse toma esse diretório padrão como base.

Marque a opção Use this as the default and do not ask again. Isso garante que o Eclipse utilizará SEMPRE a pasta indicada no path do item Workspace e, consequentemente, essa caixa de diálogo não será mais exposta.

Não citei anteriormente, mas estamos trabalhando com a versão Luna do Eclipse IDE, sendo está a mais atualizada até o momento que estou criando este artigo. Geralmente, os conceitos vistos aqui, servem tanto para as versões anteriores, como as que virão a ser criadas.

Após, seremos enviados para área de trabalho do Eclipse IDE e veremos a guia Welcome.

Eclipse IDE - Imagem 5

A partir de agora, o interessante é explorar a IDE num todo. Feche a guia Welcome, pois ela está sobre toda a área de trabalho da ferramenta.

A área de trabalho do Eclipse IDE será exposta com suas ferramentas. A figura a seguir demonstra essa área de trabalho com um pequeno comentário em cada região da tela.

Eclipse IDE - Imagem 6

Onde:

  • Área de Gerenciamento de Projetos: responsável por gerenciar toda a estrutura de folders/pastas (conhecidos como packages em java) e os arquivos que estes contém. Observe que por padrão o Eclipse disponibiliza a Guia Project Explorer mas, saliento que existem outras, que gerenciam tais folders e arquivos de forma mais otimizada. Veremos isso em outros artigos.
  • Área Para Trabalho Com Arquivos: é neste local onde “abriremos” nossos arquivos fonte e os editaremos.
  • Área de Gerenciamento de Estrutura Interna de Arquivos: Quando estamos com um arquivo aberto e existe a necessidade de visualizar  o seu conteúdo de forma mais resumida ou até mesmo acessar determinada parte deste arquivo de forma rápida, utilizamos a guia Outline.
  • Área de ferramentas Gerais: Esta área contém ferramentas que são utilizadas para fazer a instalação de servidores (Tomcat, Weblogic, JBoss, etc.), depuração de aplicações, visualização de erros e console de dados e assim por diante.

De forma prática, tudo o que foi descrito anteriormente é exibido na figura a seguir:

Eclipse IDE - Imagem 7

 

Observe na guia Package Explorer nosso projeto com o nome de ProjetoTeste. Esse projeto possui uma classe java chamada Teste1.java, sendo que seu conteúdo é exibido no centro da área de trabalho da ferramenta.

Na guia Outline, podemos visualizar, de forma resumida, a estrutura de métodos desta classe. Para acessar determinado método de forma rápida, basta dar clique sobre o método desejado.

Para finalizar, como exemplo, gerei um erro java, de forma que possamos visualizar, na área de ferramentas gerais, na guia Problems, alguns “bugs” de codificação.

Bem, o objetivo deste artigo era realizar o download, a execução e o conhecimento básico sobre os principais componentes presentes na Eclipse IDE.

No próximo artigo, criaremos nosso primeiro programa Java utilizando o Eclipse e exploraremos mais recursos desta ferramenta.

Dê seu feedback, ele é muito importante pra mim. Obrigado e até o próximo artigo.

E-book GRÁTIS - Crie um Aplicativo para Web com Java EE7

Jean Vargas

Jean Vargas é Professor, Escritor, Técnico em Processamento de Dados, Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas e Pós Graduando Em Engenharia de Software.

Website: http://www.profissionaisjava.com

16 Comentários

  1. Bruno

    Parabéns pela iniciativa, espero pelos próximos artigos, abraços…

    • Ola Bruno
      Obrigado pelo comentário.
      Logo colocarei mais posts aqui no blog.
      Abraço e sucesso.

  2. Vinicius Prado Silva

    Muito bom seu trabalho, Parabéns.

    • Oi Vinicius
      Que bom que gostou do post. Logo colocarei outros.
      Abraço

      • josa martins

        Muito bom seu trabalho Jean.Parabens..Continue assim

        • Olá Josa
          Obrigado por acessar o blog e participar daquilo que faço com muito gosto, que é tentar criar um conteúdo de qualidade para repassar conhecido.
          Fique a vontade. Logo colocarei vários posts aqui bem interessante e até um mini curso vem por ai.
          Abraço e Sucesso

    • Olá Edjanio
      Que bom que gostou. Logo colocarei mais artigos aqui.
      Abraço

  3. Diogenes Vasconcelos

    Estou retornando para a área de programação depois de um bom tempo na área de telecom os seus tutoriais e as vídeos aulas são excelentes para meu aprendizado em java.

    • Olá Diogenes
      Seja muito bem vindo a área de programação novamente e, no que eu puder lhe ajudar para que tenha sucesso, conte comigo.
      Obrigado por acompanhar o blog.
      Abraço e sucesso na sua jornada.

  4. Vai uma dica que me ajudou muito no Eclipse: o atalho mais importante é o Ctrl + Shift + L. Abre todos outros atalhos.

  5. Ivan Lopes Luciano

    Muito bom o post Engenheiro, gostei bastante, Apenas tenho de agradece-lo, pois, espero mais posts Vindo do Senhor.Obrigado…

    • Obrigado Ivan
      Logo colocarei mais artigos no blog.
      Obrigado por acompanhar.

  6. Anônimo

    Maravilha adoro suas aulas!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.